Município Peso da Régua

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

 

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Moura Morta

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Moura Morta

Historial

O Rancho Folclórico da Casa do Povo de Moura Morta (uma das componentes do Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo que se dedica também ao teatro, entre outras actividades de cariz cultural), teve o seu início em 1985 e pertence à freguesia de Moura Morta, concelho de Peso da Régua. Moura Morta, freguesia situada a norte da sede do concelho, conta com cerca de 611 habitantes e vive praticamente da agricultura, concretamente, da produção da vinha e do vinho, prestando também serviços na área da construção civil e domésticos.

O nome invulgar de Moura Morta assenta numa lenda onde se pode ler que uma bela moura foi morta, por volta de 1125, pelos Templários que predominavam naquela altura. Um poderoso Emir, que vivia numa terra vizinha chamada Cidadelhe, quis que ela recebesse o baptismo. Em face da sua recusa, mandou encarcerá-la, de onde veio a fugir passado algum tempo. O Emir mandou persegui-la sendo capturada e morta num penhasco próximo do lugar onde hoje fica localizada a freguesia de Moura Morta.

Ela não morreu... ficou encantada! Conta a lenda que há quem a tenha visto na manhã de S. João a pentear os seus belos cabelos no cume do penhasco onde fora morta.

O Rancho Folclórico da Casa do Povo de Moura Morta é considerado o maior embaixador desta linda freguesia que, para além de ter a seus pés o rio Douro, acorda todas as manhãs com a brisa que vem da imponente Serra do Marão que nos fica pela frente e que ao longo da sua existência tem percorrido toda a região e alguns sítios do país de norte a sul com actuações mostrando todos os seus trajes, cantares, danças e costumes da nossa terra e da região.

Galeria

    Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Moura Morta  Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Moura Morta