Município Peso da Régua

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

A Câmara Municipal do Peso da Régua arranca com a primeira edição do Orçamento Participativo, uma medida que pretende estimular a participação dos cidadãos na definição de um trabalho orientado para o futuro do concelho. As sessões de divulgação nas freguesias começam a 29 de janeiro, em Sedielos. O Orçamento Participativo afeta a verba de 120 mil euros.

Depois de Sedielos, as sessões decorrerão de acordo com o seguinte calendário:

30 janeiro, 18H30: Galafura | sede da Junta de Freguesia

31 janeiro, 18H30: Poiares e Vinhós | sede da Junta de Freguesia

1 fevereiro, 18H30: Canelas e Moura Morta | sede da Junta de Freguesia

2 fevereiro, 18H30: Covelinhas e Godim | sede da Junta de Freguesia

3 fevereiro: Fontelas (18H30) e Loureiro (21H00) | sede da Junta de Freguesia

4 fevereiro, 18H30: Peso da Régua e Vilarinho dos Freires | sede da Junta de Freguesia

Da sessão de participação da cada freguesia deverão resultar, por consenso entre os participantes, o máximo de dois projetos, os quais deverão incidir em áreas como "Ambiente e Energia", "Coesão Social", "Mobilidade e Infraestruturas", "Cultura e Turismo" e "Educação e Desporto".

Todo o processo do orçamento participativo será desenvolvido com recurso ao portal da participação, em http://op.cm-pesoregua.pt. Neste portal será feita a inscrição dos participantes, anunciada a lista provisória de projetos, feitas as reclamações, divulgada a lista final dos projetos para serem votados, feita a votação e divulgado o resultado final.

O Orçamento Participativo do Município de Peso da Régua é uma iniciativa da Câmara Municipal que pretende aprofundar a recolha de contributos das instituições e dos cidadãos, na discussão e elaboração do orçamento público municipal.

Um dos objetivos desta medida é consolidar a ligação entre a autarquia e os seus munícipes e, consequentemente, aperfeiçoar a qualidade do processo democrático local.