Município Peso da Régua

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

De 28 a 30 de julho, Canelas voltou a transformar-se para evocar um passado que faz dela o berço do teatro em Portugal.

Na oitava edição, as Jornadas Medievais do Douro voltaram a recriar a doação feita por D. Sancho I, em agosto de 1193, de um pedaço de terra, em Canelas do Douro, a Bonamis e Acompaniado, jograis a quem o Rei tinha encomendado um arremedilho (peça de teatro). Com muita dedicação, Canelas explora o contexto histórico em que aconteceu a doação e recria a passagem do Rei por terras do Douro. As gentes de Canelas voltaram a surpreender pela forma como se organizaram, mostrando uma capacidade local que faz deste um projetor diferenciador.

À evocação do ato histórico associou-se um mercado medieval, com personagens da época, incluindo grande animação, jogos, teatro, dança, música, gastronomia, artesanato e promoção dos produtos locais. Pelas ruas de Canelas encontramos feirantes, malabaristas, bailarinas, jograis, músicos, elementos da guarda real, nobres e claro, Sua Majestade- o Rei D. Sancho. O cortejo voltou a ser um ponto mais alto do programa. Largas centenas de pessoas ocorreram a Canelas para saudar D. Sancho e participar nesta grande iniciativa.  

As Jornadas Medievais do Douro são uma iniciativa conjunta da União das Freguesias de Poiares e Canelas, do Município do Peso da Régua e da Associação Artística Portus Cale.

Veja ou reveja as fotografias na página oficial no facebook.