Município Peso da Régua

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Tanto na gastronomia reguense, como na da restante região duriense, o vinho do Porto assume-se imprescindível, tanto como ingrediente “secreto” de pratos únicos, como acompanhamento de refeições, das mais fartas às mais ligeiras.

Escolhendo entre os vários Portos, é possível desfrutar de experiencias gastronómicas únicas, através da conjugação harmónica do sabor doce do vinho, com petiscos e pratos que caem no extremo oposto do espectro do sabor, como é o caso dos queijos. O perfil salgado do queijo constitui uma conjugação perfeita com o doce do Porto, sendo frequentemente indicado, por exemplo, os vintage para os queijos azuis, o tawny para queijos duros, como o parmesão ou o ruby para queijos de sabores intensos, como um cheddar.

O Vinho do Porto branco é um excelente aperitivo servido fresco com canapés, azeitonas ou frutos secos e até com água tónica e limão nas tardes mais quentes de verão.

O Vinho do Porto atua também como intensificador dos sabores quentes e voluptuosos do chocolate e dos frutos secos, rematando qualquer refeição num ato único de prazer indulgente.