Município Peso da Régua

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

 

 English  

 

 

 

O Parque Termal das Caldas do Moledo, situado a 5km da cidade da Régua, em direcção ao Porto, oferece-se como um local de repouso, onde o ambiente de calma, leva as pessoas a um descanso salutar. A estância termal está indicada para o tratamento de afecções reumáticas, bronquites, sinusites, rinites, laringites, faringites e dermatoses.

Ao subir, a paisagem que contemplamos é deslumbrante e aí se compreende Miguel Torga quando ao que a vista alcança chamou "doce mar de mosto". A cada curva desfeita, a inebriante paisagem que o homem conquistou e fecundou.

Em Fontelas, o turista pode optar por visitar a Igreja Matriz, com 250 anos, restando-lhe alternativas como a Capela de N.ª Sra. das Dores, do séc. XVIII, a Casa de Moreira de Baixo, a Casa de Extremadouro e a Casa da Quinta da Igreja, três edifícios oitocentistas.

Continuando a subir, chegamos a Loureiro. O miradouro do alto de Santo António é uma varanda sobre a Régua, de onde pode apreciar a imponência da paisagem. Com a serra do Marão à vista, os olhares ficam presos e o espírito sobressaltado pela imponência e rudeza dos penhascos. As Quintas de Santa Júlia (séc. XVIII), Torre (séc. XVIII) e de Travassos, onde viveu a Ferreirinha, são motivos para demorar mais algum tempo nesta freguesia.

As origens da freguesia de Moura Morta são muito antigas, estando inscrita nos anais da história como lugar de muita importância na região. Diz-se que o nome desta freguesia derivou da lenda de uma princesa moura, assassinada neste lugar pelos Templários, por se recusar a negar a sua fé e abraçar a fé cristã. Moura Morta foi vila e concelho, com foral datado de 1514. Situada nas encostas da serra do Marão, ostenta ruínas da Casa da Ordem de Malta, bem como da Câmara e da Cadeia, vestígios de um passado marcado por autoridade e poder. Aqui, poderá ainda visitar a Igreja Matriz, a casa da Comenda (séc. XVIII), a Ponte Medieval de Cavalar e o cruzeiro centenário.

Sedielos é a maior freguesia do concelho e está situada no limite ocidental do município, a cerca de 12 Km da cidade. As casas de xisto constituem um dos aspectos mais interessantes desta freguesia, erguendo-se entre ruelas estreitas e terrenos plantados de vinha. Por toda a freguesia, encontrará capelas, igrejas e um cruzeiro dignos de serem visitados.

A freguesia de Vinhós situa-se nas fraldas da serra do Marão, sendo o lugar da Ermida o mais abrupto, onde fica a célebre "Fraga da Ermida", onde a águia real faz o ninho. A Igreja Matriz cuja construção data de 1739 merece uma visita.

Galeria

 

 

    S. Tiago – Sedielos

Ermida do Marão

Pormenor de habitação